Há falta de espaços de encontro inclusivos nas cidades.

Criar espaços de encontro e de troca com elementos simples para que diferentes pessoas tenham oportunidade de trocar ideias faz parte do trabalho da urbanista Laura Sobral nos últimos 7 anos.

CLIQUE NO CARTAZ PARA BAIXAR O PDF

HARDWARE
É importante para criar encontro e troca um
suporte físico, um espaço para que as pessoas
possam se sentir a vontade, atraídas a estar, ficar
e trocar.
Esse é o papel dos seis almofadões infláveis,
chamar atenção e convidar para que as pessoas
os usem e experimentem o espaço urbano de
outra maneira, mas lúdica e descontraída.

SOFTWARE
Mas claro, uma vez confortáveis, as pessoas precisam de incentivos para permanecer e trocar.
O convite é que as pessoas levem o que tiverem
vontade, seja amigos, jogos, comida, bebida.

É a mesma lógica de uma FAROFA na praia: para
passar um dia bem, o que é tudo o que você
quer levar?
O que é levado cria o clima do encontro.

A FAROFA também
pergunta, funcionando como
catalisador para os desejos
das pessoas em torno do
espaço de intervenção,
tirando uma "foto afetiva"
dos FAROFEIROS.